Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Mapa: RS fica vulnerável com concentração de venda de carne à Rússia

Porto Alegre, 28 - O superintendente do Ministério da Agricultura no Rio Grande do Sul, Francisco Signor, avaliou hoje que o Estado fica em posição vulnerável pela concentração de exportações de carne para a Rússia, principalmente de produtos suínos. No caso de uma crise de mercado que leve à retração dos pedidos, o setor ficaria sem alternativa para escoar rapidamente a produção, ponderou ele.

Agência Estado |

O mercado russo absorve cerca de 50% das exportações de carne suína do Estado, mas a venda de produtos bovinos e de aves também é significativa, disse o superintendente.

Signor observou que há aspectos positivos nos volumes embarcados e preços, já que a Rússia distribui o produto brasileiro entre os países nos quais tem influência política e econômica na região. Mesmo assim, recomendou um plano de diversificação das vendas. "Neste momento, em função da crise financeira, a Rússia já se retrai e sinaliza com a necessidade de redução de preços das carnes", observou. O Rio Grande do Sul passou recentemente por inspeção sanitária da Rússia e não foram apontados problemas, citou Signor.

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG