Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Mantega vai explicar MP 443 no Congresso

O ministro da Fazenda Guido Mantega, confirmou para a próxima terça-feira uma reunião com os colégios de líderes da Câmara dos Deputados e do Senado Federal para debater sobre a edição, nesta quarta-feira, da Medidas Provisória (MP) 443, que autorizou bancos públicos, como a Caixa e Banco do Brasil, a comprar instituições financeiras privadas.

Carol Pires, Último Segundo/Santafé Idéias |

A MP 443 gerou mal-estar entre os parlamentares de oposição pois o ministro não comentou sobre o plano da equipe econômica do governo de editá-la ao longo do debate que participou no plenário da Câmara um dia antes, na terça-feira. 

Para o presidente da Câmara, Arlindo Chinaglia, os debates com os colégios de líderes será bem-vindo para que se discuta o essencial e não fique mal entendido que prejudique o acordo. É um gesto que o ministro faz de respeito ao parlamento, observou Chinaglia. 

Acordo

O acordo do colégio de líderes da Câmara é votar a primeira medida editada pelo governo como forma de conter a crise, a MP 442, na próxima terça-feira. Ela visa dar liquidez aos bancos, dando maiores poderes ao Banco Central. 

Para Chinaglia, seria conveniente aproveitar o debate que será gerado em plenário durante a análise da matéria para tentar aprovar também a MP 443. Ocorre que ela não pode ser levada diretamente a plenário, pois manda o regimento interno da Câmara que as medidas precisam ser analisadas antes por uma comissão especial, com prazo de quatorze para apresentação de emendas. Ela só poderia ser votada, então, na segunda semana de novembro. 

Leia tudo sobre: mantega bancos

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG