Tamanho do texto

O ministro da Fazenda, Guido Mantega, disse hoje que o governo pode baixar alíquotas do imposto de importação de produtos em que forem verificadas altas de preço abusivas. Ele não quis especificar quais seriam os produtos, mas disse que o governo está acompanhando o mercado para identificar possíveis abusos.

O ministro da Fazenda, Guido Mantega, disse hoje que o governo pode baixar alíquotas do imposto de importação de produtos em que forem verificadas altas de preço abusivas. Ele não quis especificar quais seriam os produtos, mas disse que o governo está acompanhando o mercado para identificar possíveis abusos.

"Há setores que, se começarem a elevar muito os preços, podem provocar uma reação do governo, como a redução de tarifas de importação. Se abusarem nos preços, aproveitarem o momento, nós vamos ter de tomar medidas", disse o ministro, em entrevista, após almoço promovido pelo Sindicato da Indústria de Construção e Reparo Naval (Sinaval), em Niterói (RJ).

Em palestra durante o almoço, Mantega avaliou que a indústria brasileira está preparada para atender ao aumento da demanda, evitando maiores pressões inflacionárias. Além disso, acrescentou que há a possibilidade de importação de produtos a preços baixos.

Na entrevista, o ministro disse que a avaliação do governo federal é de que a trajetória da inflação é descendente. Segundo ele, os altos índices dos primeiros dois meses do ano foram provocados por problemas de oferta, no caso dos produtos agrícolas, e questões sazonais, no caso de transporte e materiais escolares. Mantega evitou projeções sobre a inflação em 2010, mas disse acreditar que num período de 12 meses a taxa acumulada estará abaixo dos 5%. Ele lembrou, ainda, que o Banco Central tem instrumentos para evitar a disparada da inflação.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.