Tamanho do texto

O ministro da Fazenda, Guido Mantega, ficou em quarto lugar numa avaliação feita por 140 analistas consultados pela revista América Economia sobre os encarregados das finanças na América Latina mais bem preparados para enfrentar a atual crise mundial. Ele recebeu nota 6,7 em uma escala de 1 a 10.

O chileno Andrés Velasco foi o melhor avaliado, recebendo 7,8, e foi seguido pelo mexicano Agustín Carstens (7,4), o peruano Luis Valdivieso (7), Mantega, e o colombiano Óscar Zuluaga (6,7). Nas posições seguintes aparecem os ministros da Guatemala (6,1) e do Uruguai (6,1).

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.