Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Mantega diz que política monetária continua, com ou sem Meirelles

BRASÍLIA - Se o presidente do Banco Central (BC), Henrique Meirelles, deixar o cargo em breve, conforme vários boatos que circulam em Brasília, a política de combate à inflação não muda. Com Meirelles ou sem Meirelles, a política monetária vai continuar na mesma linha que está sendo praticada , afirmou, há pouco, o ministro da Fazenda, Guido Mantega.

Valor Online |

_CSEMBEDTYPE_=inclusion&_PAGENAME_=economia%2FMiGComponente_C%2FConteudoRelacionadoFoto&_cid_=1237561669326&_c_=MiGComponente_C

Mantega não confirmou se Meirelles deixará o cargo logo após a reunião do Comitê de Política Monetária (Copom) semana que vem, como indicam os boatos.

" Meirelles não comunicou que vai deixar o governo. Eu falei com ele ontem, e ele não disse nada. Não nos cabe discutir mera especulação. Mas, por hipótese, se ele deixar, é importante dizer que a política monetária não muda. A politica de combate à inflação permanecerá da mesma forma, porque é uma política de governo " , disse Mantega, em entrevista há pouco em que comentou o resultado do Produto Interno Bruto (PIB) divulgado hoje pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

O presidente do BC reiterou diversas vezes que vai anunciar sua decisão sobre seu futuro no fim de março. Ele já comunicou, porém, que não concorrerá ao governo de Goiás nas eleições de outubro.

Especula-se que ele poderia sair do BC para tentar uma candidatura ao Senado por Goiás ou entrar como candidato a vice-presidente da República, na chapa de Dilma Rousseff.

 

Leia mais sobre: Mantega 

Leia tudo sobre: economiamantegapolítica monetária

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG