BRASÍLIA - O ministro da Fazenda, Guido Mantega, avalia que desde a última semana de outubro os mercados mundiais entraram num período de calmaria.

Segundo ele, "a boa notícia é que o pior da crise está passando e já há sinais de arrefecimento". Na reunião do Conselho Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (CNDES, o Conselhão), Mantega afirmou que o grande desafio do novo presidente americano, Barack Obama, será evitar uma recessão, já que os EUA encontram-se ainda em desaceleração.

"A vantagem de Obama é que ele assumirá com antecedência, podendo evitar um aprofundamento da recessão americana e, por conseqüência no resto do mundo."

O ministro disse ainda que os mercados mundiais dão sinais de retorno de operações interbancárias, indicando um início de normalização do crédito, travado fortemente em outubro.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.