Tamanho do texto

Segundo ministro da Fazenda, o consumidor do Brasil está entre os menos endividados do mundo

selo

O ministro da Fazenda, Guido Mantega, admitiu hoje que há espaço para as famílias brasileiras se endividarem, uma vez que o consumidor do Brasil está entre os menos endividados do mundo. "Isso não quer dizer que eu espero que todos se endividem como nos EUA ou no Japão ou no Reino Unido. Mas isso mostra que existe um potencial para aumentar, com responsabilidade e segurança, o endividamento da família brasileira. Isso mostra o potencial de consumo da família brasileira", afirmou o ministro a investidores e analistas estrangeiros em evento promovido pelo Council of Americas e Câmara de Comércio Brasil-EUA, em Nova York.

Em entrevista a jornalistas após o evento, Mantega fez questão de ressaltar que não "defende o aumento do endividamento", mas que a família brasileira tem espaço para aumentar o endividamento comprando, por exemplo, um imóvel. "Com o boom de construção, o consumo do Brasil está mais propenso a pensar na casa própria", explicou. O ministro disse que não vê, porém, o risco de uma bolha imobiliária no Brasil, como ocorreu nos Estados Unidos e outras economias avançadas. "Estamos a quilômetros de distância do endividamento dos países avançados", reforçou o ministro.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.