Tamanho do texto

BRASÍLIA (Reuters) - O ministro da Fazenda, Guido Mantega, afirmou nesta terça-feira que a desaceleração da produção industrial do país em outubro já era esperada. A desaceleração era prevista, porém será uma desaceleração lenta. Não será brusca como aconteceu em outros países, disse a jornalistas.

Questionado se a economia brasileira pode crescer menos de 3 por cento em 2009, Mantega respondeu: "Não acredito."

O ministro tem afirmado que o país crescerá 4 por cento no ano que vem, apesar da crise financeira global.

A produção industrial caiu 1,7 por cento em outubro, depois de ter subido 1,5 por cento em setembro, segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.