BRASÍLIA (Reuters) - O ministro da Fazenda, Guido Mantega, comemorou o crescimento brasileiro do segundo trimestre, ressaltando a forte expansão dos investimentos. O crescimento é de qualidade porque um dos itens que mais cresceu é o investimento, disse Mantega a jornalistas. Ele ponderou que seria melhor se a demanda das famílias tivesse desacelerado mais.

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) anunciou nesta manhã que o Produto Interno Bruto (PIB) cresceu 1,6 por cento no segunto trimestre sobre o trimestre imediatamente anterior e 6,1 por cento na comparação com igual período do ano passado.

A formação bruta de capital fixo --uma medida de investimento-- cresceu 5,4 por cento no segundo trimestre ante o primeiro trimestre. A taxa de investimentos atingiu 18,7 por cento do PIB.

(Reportagem de Isabel Versiani)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.