Há exagero no noticiário sobre inflação - Home - iG" /
Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Mantega: Há exagero no noticiário sobre inflação

O ministro da Fazenda, Guido Mantega, avaliou que há um certo exagero do noticiário sobre a inflação, que pode criar pânico na população. Não é o caso de se fazer estoques, de se ir às compras pois a situação está sob controle.

Agência Estado |

Não é subestimar o problema, mas também não é para superestimá-lo", disse o ministro, em audiência na Comissão de Finanças e Tributação da Câmara hoje pela manhã.

Segundo ele, a inflação de hoje é diferente dos processos passados, no Brasil, que ocorreram por conta de desequilíbrios internos. No caso atual, explicou Mantega, a inflação vem de fora e, no Brasil, ela "subiu um pouquinho". "Não é para se fazer alarde, alarmismo, pois isso contamina. O problema é sério, mas está sob controle e o governo está tomando as medidas necessárias", afirmou.

Mantega afirmou que o governo trabalha para moderar o crescimento da demanda, mas sem abortar o crescimento econômico do País. "É desnecessário abortar o crescimento hoje. Podemos tomar medidas na dose certa para tirar a febre, diminuir a doença, sem matar o paciente. O Brasil vai continuar o crescimento", afirmou o ministro, que destacou que no final de 2007 e início deste ano, a demanda está muito aquecida, o que poderia, em um ambiente de alta internacional de preços, levar a uma difusão da inflação. "Por isso estamos moderando o crescimento. É uma ligeira correção de rota. Queremos crescer de 4,5% a 5% e não acima de 6%", afirmou o ministro.

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG