Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Mantega aceita mudanças na MP de estatização dos bancos

O ministro da Fazenda, Guido Mantega, deu aval nesta quinta-feira para o Congresso Nacional alterar a Medida Provisória (MP) 443 e retirar do texto a dispensa de licitação para que Caixa Econômica Federal e o Banco do Brasil comprem instituições financeiras públicas atingidas pela crise econômica mundial. A sugestão de mudança no projeto foi do senador Francisco Dornelles (PP-RJ).

Carol Pires, Último Segundo/Santafé Idéias |

 

Podemos perfeitamente retirar o artigo 5º. Aceito sua sugestão, senador. É um aperfeiçoamento que pode ser feito sem problema algum. O senhor sabe que o ministro da Fazenda, no calor da crise não consegue ler todas as minúcias de uma MP. A gente manda preparar a MP, a equipe técnica prepara, mas não conseguimos ler todos os detalhes, então acho que esse é um ponto que pode perfeitamente ser alterado, afirmou Mantega em audiência na Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) do Senado, em companhia do presidente do Banco Central, Henrique Meirelles.

A MP 443 está em fase de recebimento de emendas e deverá entrar na pauta do plenário da Câmara nas próximas semanas. Uma vez aprovada na Câmara, ela segue para apreciação do Senado e vai à sanção do presidente da República.

Leia também

 

Para saber mais

 

Serviço 

 

Opinião


Leia tudo sobre: crise financeira

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG