Tamanho do texto

Nova York, 9 jul (EFE).- A companhia aérea americana Northwest anunciou hoje que reduzirá seu quadro de funcionários em 8%, o que equivale à eliminação de 2.

500 empregos.

O corte faz parte do plano da empresa para fazer frente à "escalada sem precedentes" do preço do petróleo.

Em um comunicado, a Northwest acrescentou que fará como outras companhias aéreas e aplicará uma nova taxa sobre a bagagem embarcada por seus clientes e sobre as entradas de teatro que são concedidas por meio do seu programa de fidelização.

"Nossas despesas com combustíveis mais que dobraram no último ano. Para lidar com esta situação sem precedentes, temos que tomar medidas, tanto no sentido de controlar os gastos como no de aumentar a receita", disse o presidente e executivo-chefe da Northwest, Doug Steenland. EFE mgl/sc