Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Mais rapidez na abertura de empresas

Mais rapidez na abertura de empresas Por Rodrigo Martins São Paulo, 29 (AE) - Abrir uma empresa hoje na cidade de São Paulo requer 152 dias, aponta o Banco Mundial. Em média, o empreendedor perde 120 dias com a burocracia municipal e mais 32 dias com os processos estaduais e federais.

Agência Estado |

Só agora os processos começam a se tornar mais simples e ir para a internet.

"Essa desburocratização deve ser prioridade para a Prefeitura", afirma o presidente do Instituto Conip, Vagner Diniz. "Com um processo mais rápido e fácil, a cidade atrai mais empresas, mais receita e gera mais empregos."
A Prefeitura aos poucos se mexe. Há três meses, lançou o site São Paulo Mais Fácil, que emite a autorização (alvará) de funcionamento em até cinco dias. A novidade ainda é restrita a empresas instaladas em prédios com 150 m², nas regiões de cinco subprefeituras, mas deve ser "ampliada gradativamente para toda a cidade e para empresas maiores".

Para o superintendente institucional da Associação Comercial da São Paulo, Marcel Solimeo, a medida ajuda, mas não resolve. "Os procedimentos estaduais e federais - também necessários para abrir uma empresa - continuam lentos. Ou seja, sem eles, mesmo com o alvará municipal, não dá para abrir a empresa."
Isso também está mudando. O governo estadual, cinco prefeituras paulistas - incluindo a capital - e o governo federal agora desenvolvem em conjunto um site único para a abertura de empresas que deve estrear no meio de 2009. "Estamos simplificando e interligando processos. Empresas de baixo risco serão criadas em até 15 dias", explica o coordenador do Programa de Desburocratização do Estado, Carlos Leony Fonseca da Cunha.

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG