Tamanho do texto

Nova York, 30 dez (EFE).- As bolsas de Nova York fecharam hoje com altas superiores a 2%, influenciadas pela liberação de novos fundos do Governo americano para a General Motors.

Segundo dados definitivos, o Dow Jones Industrial, principal índice de Wall Street, subiu 184,46 pontos (2,17%), para 8.668,39.

Já o indicador da bolsa eletrônica, a Nasdaq, avançou 40,38 pontos (2,67%), para 1.550,70, enquanto o seletivo S&P 500, que mede o rendimento de 500 grandes empresas, subiu 21,21 pontos (2,44%), para 890,63.

Um dos destaques do dia foi a alta de 5,56% das ações da GM, puxada pelo anúncio feito ontem de que o Tesouro americano comprará US$ 5 bilhões em títulos preferenciais da GMAC, o braço financeiro da montadora, e ainda fornecerá mais US$ 1 bilhão à reorganização da fabricante de automóveis.

Essa perspectiva mais positiva sobre o futuro imediato da GM acabou favorecendo também os papéis da Ford, que subiram 3,15%, para US$ 2,29.

Segundo analistas, a valorização dos principais indicadores de Wall Street também foi favorecida pela queda de 2,5%b do preço do petróleo, que voltou a fechar abaixo dos US$ 40 nesta terça-feira.

No mercado secundário da dívida, o valor dos bônus do Tesouro com resgate em dez anos subiu, e sua rentabilidade, que se movimenta em sentido inverso, caiu para 2,08%. EFE vm/sc