BRASÍLIA - Os estados de Alagoas e do Mato Grosso também solicitaram ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) a presença de forças federais para garantir a segurança das eleições municipais, o que aumenta para sete o número de estados que querem reforço da segurança durante a realização do pleito.

Alagoas pediu o envio de tropas para os municípios de Minador do Negrão e Pilar, e Mato Grosso fez a solicitação para as cidades de Confresca, Nova Bandeirante e Ribeirão Cascalheira.

Os outros cinco estados que já solicitaram a presença de forças federais nas eleições municipais deste ano são Amazonas, Amapá, Pará, Tocantins e Rio de Janeiro.

O Rio é quem primeiro receberá as tropas federais. De acordo com a Secretaria de Segurança Pública fluminense, os militares começam a chegar na próxima semana.

Elas vão atuar em 24 áreas de risco definidas pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE).

O comandante-geral da Polícia Militar do Rio de Janeiro, coronel Gilson Pitta Lopes, informou que o planejamento para a atuação das tropas das Forças Armadas em áreas de risco durante as eleições no estado deve ficar pronto até a próxima sexta-feira (12).

(Valor Online)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.