Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Mais de 20 de bancos alemães pedem ajuda estatal

Berlim, 13 nov (EFE).- Mais de 20 bancos solicitaram ajuda através do plano de resgate aprovado recentemente pelo Governo alemão, informou hoje o secretário de Economia Walther Otremba.

EFE |

Em um encontro da Associação de Bancos da Baviera, Otremba afirmou que se trata de uma "mistura colorida (no sentido de heterogênea)" de instituições, mas não quis detalhar de que entidades se trata nem se são públicas ou privadas.

Bancos públicos regionais, como o BayernLB e o HSH Nordbank, e instituições privadas, como o Commerzbank e o instituto de financiamento imobiliário Hypo Real Estate, confirmaram seu desejo de se reunir ao pacote de resgate financeiro aprovado pelo Governo e o Parlamento, que oferece 500 bilhões de euros.

O plano contempla avais públicos no valor de 400 bilhões de euros para incentivar os créditos interbancários e a compra de pacotes acionários dos bancos privados por um total de 80 bilhões de euros para reforçar o capital das instituições.

O Estado se reserva os 20 bilhões de euros restantes, para o caso de que parte dos avais tenha que ser aplicada.

Os grandes consórcios da indústria automotiva alemã, como BMW, Daimler e Volkswagen, também estudam recorrer às ajudas de resgate do Governo da chanceler Angela Merkel diante da crise financeira internacional.

O banco público alemão BayernLB foi o primeiro a apresentar sua solicitação, na qual pediu 5,4 bilhões de euros, enquanto algumas instituições privadas, como o Deutsche Bank, mostraram mais cautela ou disseram claramente que não necessitam da ajuda estatal. EFE nvm/jp

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG