Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Maioria das bolsas da Ásia termina em baixa

SÃO PAULO - A maioria das bolsas asiáticas fechou em queda nesta quinta-feira, pressionadas principalmente pelas notícias corporativas, que têm mostrado os graves efeitos da crise financeira mundial sobre as empresas da região. No setor farmacêutico, entre as principais de perda apareceram os papéis da japonesa Takeda Pharmaceutical, que caíram 3,4% em Tóquio, depois que a corretora de Hong Kong CLSA diminuiu seu preço-alvo. As ações da Toho cederam 12%, após reduzir sua meta de lucro.

Valor Online |

Os agentes avaliam ainda comentários de integrantes do banco central do Japão. Para Atsushi Mizuno, um dos integrantes do conselho da autoridade monetária japonesa, avisou que a instituição deve se preparar para tomar iniciativas "fora do comum" para revitalizar a economia do país.

"É importante que estejamos preparados para agir prontamente e que consideremos tomar medidas que podem ser consideradas extraordinárias sob circunstâncias normais", disse Mizuno.

Diante do clima pessimista na região, o índice japonês Nikkei 225 fechou em queda de 1,11%, aos 7.949,65 pontos. Na China, o Shanghai Composite caiu 0,46%, aos 2.098,02 pontos, enquanto na Coréia do Sul, o Kospi perdeu 1,46%, ficando em 1.177,88 pontos.

Na contramão, o Hang Seng, de Hong Kong encerrou o pregão com avanço de 0,88%, aos 13.178,90 pontos.

(Vanessa Dezem | Valor Online, com agências internacionais)

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG