Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Maioria das bolsas da Ásia termina com desvalorização

SÃO PAULO - A maioria das bolsas asiáticas fechou em baixa nesta quarta-feira. Os agentes avaliaram a notícia de pedido de mais recursos pelas montadoras norte-americanas General Motors (GM) e Chrysler ao governo dos EUA.

Valor Online |

Os investidores ficaram sabendo ainda que a economia de Taiwan registrou o segundo trimestre consecutivo de retração, o que configura que o país entrou em recessão.

Nos três últimos meses do ano passado, o PIB de Taiwan registrou queda de 8,36%, ante mesmo período de 2007. No terceiro trimestre de 2008, a economia da região tinha caído 1,05%.

No Japão, a Federação do Aço e do Ferro do país informou que a produção doméstica de aço cru caiu 37,8% em janeiro no confronto com um ano antes.

Intensificando o nervosismo, a Toyota anunciou que vai parar a produção em suas fábricas japonesas por três dias em abril diante da queda da demanda mundial.

Com a queda dos preços das commodities no mercado internacional, as mineradoras e empresas petrolíferas registraram baixas. As ações da BHP Billiton caíram 4,5% em Sydney, enquanto a PetroChina perdeu 1,3% em Hong Kong.

O índice Nikkei 225, de Tóquio, cedeu 1,45%, aos 7.534,44 pontos. O Shanghai Composite, de Xangai caiu 4,72%, encerrando operações aos 2.209,86 pontos. Em Seul, o Kospi perdeu 1,24%, aos 1.113,19 pontos. Na contramão, o Hang Seng ganhou 0,55% e fechou o pregão aos 13.016 pontos.

(Vanessa Dezem | Valor Online, com agências internacionais)

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG