Tamanho do texto

Após uma semana com muitas quedas, o mercado de ações reverteu, otimista por conta do bom desempenho dos bancos chineses. Os principais mercados da região fecharam em alta.

Os investidores ainda estão à espera de boas notícias, mas os preços de algumas ações já estão suficientemente baixos para atrair a atenção dos compradores. Na Bolsa de Hong Kong , perspectivas favoráveis para lucros dos bancos chineses no primeiro semestre e compras de ofertas no setor imobiliário levaram o mercado a encerrar em alta. O índice Hang Seng subiu 2,3% e fechou aos 21,913.06 pontos.

Nas Bolsas da China , investidores locais recuperaram a confiança em função de declarações sobre a economia do país. O índice Xangai Composto teve alta de 4,6%, fechando aos 2.792,40 pontos. Já o Shenzhen Composto subiu 4,9% e encerrou o dia aos 846,95 pontos. Yuan - Demanda por dólar ao final da sessão por parte de importadores fez o yuan encerrar em baixa ante o dólar. Durante o dia, a divisa chinesa vinha em alta ante a americana em função da baixa na taxa de paridade dólar/yuan. No mercado de balcão, o dólar encerrou cotado em 6,8690 yuans, acima da última cotação de sexta-feira, que foi de 6,8589 yuans.

Na Coréia do Sul, o índice Kospi da Bolsa de Seul fechou praticamente estável, em alta de 0,1%, encerrando aos 1.579,72 pontos. Em Taiwan, o índice Weighted da Bolsa de Taipé subiu 1,6% e fechou aos 7.341,11 pontos. O mercado filipino segue em ritmo de recuperação e encerrou em alta pelo segundo pregão consecutivo. Os investidores saíram em busca de barganhas e o Índice PSE Composto da Bolsa de Manila teve alta de 1,9% e fechou aos 2.414,66 pontos. Na Austrália, o mercado começou a semana em queda, afetado pela falta de boas notícias no cenário econômico e pelo feriado prolongado nos Estados Unidos, na última sexta. O índice S&P/ASX 200 da Bolsa de Sydney sofreu baixa de 1,6% e fechou aos 5.002,5 pontos.

A Bolsa de Cingapura foi contaminada pelo bom desempenho nos mercados asiáticos. O índice Straits Times subiu 1,4% e fechou aos 2.934,12 pontos. Mas na Indonésia prosseguem as preocupações com a alta da inflação doméstica e dos preços do petróleo. O índice composto da Bolsa de Jacarta cedeu 0,5% e fechou aos 2.303,82 pontos. O mercado tailandês teve a maior baixa em cinco meses e meio. Questões políticas continuaram pressionando e desestimulando os investidores. O índice SET da Bolsa de Bangcoc perdeu 1,7% e fechou aos 730,56 pontos. O índice composto da Bolsa de Kuala Lumpur , na Malásia, recuou 0,6% e fechou aos 1.127,26 pontos. As informações são da Dow Jones