Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Maioria das bolsas asiáticas cai com balanços ruins

A maioria das Bolsas da Ásia fechou em baixa por conta de resultados negativos apresentados principalmente por empresas do setor financeiro e de transportes, devido à desaceleração do crescimento econômico. O melhor resultado porcentual foi obtido pela Bolsa de Hong Kong , que esteve fechada na quarta-feira por causa de uma tempestade tropical.

Agência Estado |

O índice Hang Seng ganhou 154,45 pontos, ou 0,7%, e terminou aos 22.104,20 pontos.

Uma recuperação técnica nas ações do setor imobiliário mais do que ofuscou as perdas nos papéis de companhias aéreas, levando as Bolsas da China a fechar em ligeira alta. O índice Xangai Composto subiu 0,3% e encerrou aos 2.727,58 pontos. Já o Shenzhen Composto ganhou 0,02% e terminou aos 791,92 pontos. Yuan - A ampla valorização do dólar sobre as principais moedas internacionais levou o yuan a fechar em baixa em relação à unidade norte-americana. A revisão das regras de câmbio anunciadas ontem teve pequeno impacto nos negócios hoje. No mercado de balcão, o dólar fechou cotado em 6,8614 yuans, ante os 6,8482 yuans ontem.

A Bolsa de Taipé, em Taiwan, fechou estável. O índice Taiwan Weighted cedeu 0,02% e encerrou aos 7.024,58 pontos. Já a decisão do Bank of Korea de aumentar a taxa de juros - em 25 pontos base, para 5,25% ao ano trouxe tormenta ao mercado da Coréia do Sul. O índice Kospi da Bolsa de Seul caiu 0,9% e fechou aos 1.564 pontos. O mercado filipino fechou em queda, por conta da realização de lucros por parte dos investidores. O índice PSE Composto, da Bolsa de Manila, caiu 0,5% e fechou aos 2.684,64 pontos. O sentimento positivo, após o Reserve Bank of Australia ter informado, na terça-feira, que há espaço para uma queda na taxa de juros, estimulou o mercado e a Bolsa de Sydney apresentou alta. O índice S&P/ASX 200 ganhou 0,3% e encerrou aos 4.983,3 pontos.

A Bolsa de Cingapura recuou, pressionada pelas preocupações sobre as perspectivas de ganhos das blue chips e, como disse um trader, um sentimento de desânimo. O índice Straits Times caiu 1,8% e fechou aos 2.834,71 pontos. O mercado indonésio subiu com compras de papéis em oferta e o bom resultado em Wall Street. O índice composto da Bolsa de Jacarta avançou 0,5% e fechou aos 2.199,01 pontos. O mercado tailandês teve seu maior ganho diário em mais de seis meses, uma vez que investidores estrangeiros avançaram sobre papéis baratos em meio ao abrandamento das preocupações sobre os preços do petróleo e a inflação. O índice SET da Bolsa de Bangcoc subiu 4,3% e fechou aos 705,35 pontos. Na Malásia, com as incertezas políticas, recuo nos preços do óleo de palma e o enfraquecimento da moeda local, o índice composto de cem blue chips da Bolsa de Kuala Lumpur caiu 0,4% e fechou aos 1.129,56 pontos. As informações são da Dow Jones

Leia tudo sobre: bolsa de valores

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG