À exceção de China e Hong Kong, as demais Bolsas asiáticas fecharam baixa, afetadas pelo declínio dos preços do petróleo em 10% esta semana e pelos resultados piores do que o esperado da Merrill Lynch, o que esvaziou as esperanças de uma recuperação do setor financeiro. As ações da região estenderam as perdas depois de o Wall Street Journal informar que a gigante americana de hipotecas Freddie Mac está considerando levantar capital com a venda de em cerca de US$ 10 bilhões de novas ações.

Fortes ganhos nos papéis de HSBC, após o JPMorgan divulgar perdas, abaixo do esperado, de 53% no segundo trimestre, ajudaram a Bolsa de Hong Kong a encerrar em alta. O índice Hang Seng subiu 0,64% e fechou aos 21.874 pontos.

Na China o mercado teve um dia de recuperação, animado pelo movimento descendente na curva do preço do petróleo, o que beneficiou as refinarias e as companhias aéreas. O índice Xangai Composto subiu 3,5% e fechou aos 2.778,37 pontos. O Shenzhen Composto subiu 3% e encerrou aos 824,68 pontos. Yuan - A desvalorização do dólar ante o iene durante o período de negociações na Ásia também contribuiu para o fortalecimento do yuan, disse um trader. No mercado de balcão, o dólar fechou cotado aos 6,8169 yuans, abaixo da última cotação de quinta-feira, que foi de 6,8213 yuans.

Na Coréia do Sul, a divulgação de resultados desanimadores de companhias americanas influenciou mais que a queda consecutiva de três dias na cotação do petróleo. O índice Kospi da Bolsa de Seul caiu 1% e fechou aos 1.509,99 pontos. Em Taiwan o mercado teve um dia de realização de lucros, derrubando o preço das ações. O índice Taiwan Weighted da Bolsa de Taipé caiu 2,3% e fechou aos 6.815,32 pontos. As ações tiveram queda moderada nas Filipinas, onde a recuperação sustentada pela queda na cotação do petróleo foi ofuscada pela decisão do governo local de aumentar a taxa de juros. O índice PSE Composto da Bolsa de Manila caiu 0,2%, fechando aos 2.389,52 pontos. Na Austrália, o mercado não digeriu bem a notícia de que a Freddie Mac considera ofertar US$ 10 bilhões em novas ações. O índice S&P/ASX 200 da Bolsa de Sydney caiu 1,2% e fechou aos 4.840,40 pontos. BHP Billiton caiu 2,4%.

Na Bolsa de Cingapura , após duas sessões de altas, os investidores resolveram realizar os lucros. O índice Straits Times caiu 0,6% e fechou aos 2.847,73 pontos. Vendas de ações relacionadas a commodities, por conta de preocupações que os preços das matérias-primas continuem a cair devido à desaceleração econômica global, levaram o mercado indonésio a encerrar em baixa. O índice composto da Bolsa de Jacarta cedeu 1,2% e fechou aos 2.141,13 pontos. Na Tailândia, vendas de blue chips de energia, devido à baixa dos preços do petróleo, e realizações de lucros levaram o mercado a terminar no território negativo. O índice SET da Bolsa de Bangcoc recuou 0,8% e fechou aos 664,52 pontos, menor patamar em 17 meses e meio. O índice composto de cem blue chips da Bolsa de Kuala Lumpur , na Malásia, caiu 1,4% e fechou aos 1.105,04. Perdas em ações de empresas agrícolas e industriais lideraram a baixa. As informações são da Dow Jones

Leia mais sobre Bolsa de valores

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.