As cotações dos maiores bancos da Itália, UniCredit e Intesa Sanpaolo, foram suspensas nesta quarta-feira por quedas excessivas, informou a Bolsa de Milão.

A cotação do Unicredit, maior banco do país e com maior grau de exposição no exterior entre os bancos do país, foi suspensa nesta quarta-feira depois de cair a 2,55 euros em conseqüência da crise financeira americana, que provoca estragos na Europa.

A cotação do segundo banco da Itália, Intesa Sanpaolo, também foi suspensa, cuando cedia 5,33% a 3,64 euros.

mg/fp

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.