Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Maior produtor mundial de etanol registra perdas trimestrais

São Paulo - O grupo brasileiro Cosan, maior produtor e exportador mundial de etanol e açúcar de cana, registrou perdas de US$ 29,3 milhões no primeiro trimestre de seu ano fiscal, divulgou a companhia nesta sexta-feira.

EFE |

Acordo Ortográfico

Cosan, em comunicado dirigido ao mercado, assinalou que o lucro líquido entre maio e julho deste ano foi negativo em US$ 29,3 milhões, frente ao US$ 1,2 milhão de lucro registrado no mesmo período de 2007.

"De acordo com o que foi anunciado previamente, Cosan S. A. teve um início de colheita ruim", informou a empresa no comunicado.

O faturamento operacional líquido no período foi de US$ 394 milhões, 30,7% a mais que o registrado nos mesmos meses de 2007.

O Ebitda (sigla em inglês para o lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) foi de US$ 14,6 milhões, cerca de 43% a menos em comparação com os US$ 25,7 milhões registrados no mesmo intervalo do ano passado.

A queda nos preços internos do álcool e a valorização cambial do real frente ao dólar, incidente nas exportações, foram alguns dos motivos apontados por Cosan para os fracos resultados do trimestre.

O volume de vendas de etanol, no entanto, cresceu 38,2%, com aumento de 63% para as exportações, enquanto o de açúcar caiu 6%.

Os investimentos, por sua parte, conseguiram US$ 145,9 milhões, 52,3% a mais do que o montante para os meses de maio, junho e julho de 2007.

Leia mais sobre etanol

Leia tudo sobre: etanol

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG