Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Maior petrolífera chinesa vai explorar jazida no Uzbequistão

Pequim, 21 out (EFE).- A maior petrolífera da China, a estatal CNPC, e sua colega no Uzbequistão, a Uzbekneftegaz, assinaram um acordo que estabelece a exploração conjunta da jazida uzbeque de Mingulak, informou a empresa chinesa em comunicado.

EFE |

O acordo, alcançado na semana passada na capital do Uzbequistão, Tashkent, estabelece a criação de uma empresa mista entre as duas petrolíferas.

A jazida, situada na parte norte do vale de Fergana, foi descoberta em 1992 e calcula-se que suas reservas de petróleo e gás superam 30 milhões de toneladas.

O acordo faz parte da crescente cooperação da China com países da Ásia Central na exploração de hidrocarbonetos, com projetos como o gasoduto que unirá o gigante asiático com Uzbequistão, Cazaquistão e Turcomenistão, cuja construção começou em janeiro.

A China é o segundo maior importador e consumidor mundial de petróleo, embora a fonte de energia mais utilizada pelo país continue sendo o carvão. EFE abc/mh

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG