Londres, 2 jul (EFE).- A imobiliária Taylor Wimpey, a maior do Reino Unido, fechará 13 de seus 39 escritórios regionais e demitirá 900 funcionários como conseqüência do arrefecimento do setor, anunciou hoje a companhia em comunicado ao supervisor da Bolsa de Londres.

A imobiliária assinalou que seus principais mercados estão sofrendo um "forte arrefecimento" que se caracteriza por uma menor taxa de vendas semanais e por menores preços dos imóveis.

A Taylor Wimpey prevê que o mercado britânico se manterá "enfraquecido" até o fim de 2008, e não espera que se recupere a curto prazo.

Como resposta à difícil situação dos mercados onde opera, a Taylor Wimpey começará um plano de redução de custos que incluirá o fechamento de escritórios e a demissão dos 900 funcionários, o que pode gerar uma economia de 45 milhões de libras (56,5 milhões de euros) por ano a partir do último trimestre de 2008. EFE pdj/mh

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.