Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Magnatas que operam em Londres perdem bilhões com crise financeira

Londres, 9 out (EFE).- Os magnatas que manejam diariamente seus negócios multinacionais em Londres perderam bilhões de euros com a atual crise financeira.

EFE |

O tablóide britânico "Evening Standard" fez um cálculo aproximado de quanto alguns deles perderam e titula ironicamente esse estudo de "A Fogueira dos Multimilionários", em alusão ao livro de Tom Wolfe "A Fogueira das Vaidades".

Desta forma, o magnata do aço indiano Lakshmi Mittal - proprietário da Arcelor Mittal - e sua família, cuja fortuna em junho era calculada em 33,24 bilhões de euros, viu essa quantia ser reduzida para 11,82 bilhões.

Nos últimos quatro meses, calcula o jornal, Mittal e sua família perderam o equivalente a quase 9 milhões de euros por hora.

Além de ter suportado a forte queda das ações de sua empresa siderúrgica Arcelor Mittal, o magnata sofreu fortes perdas no fundo de investimento RAB Capital.

Outros que suportaram fortes perdas são Vladimir Kim, da mineradora Kazakhmys, e Anil Agarwal, de Vedanta Resources, também de mineração.

O jornal calcula que a fortuna do primeiro foi reduzida de mais de 5,12 bilhões de euros para aproximadamente 4,2 bilhões e a do segundo, de 5,5 bilhões para cerca de 3,8 bilhões.

Outro prejudicado seria Mike Ashley, proprietário do Newcastle United, no qual joga o zagueiro brasileiro Cláudio Caçapa, e da companhia que comercializa de artigos esportivos Sport Direct.

Ashley viu sua fortuna diminuir de quase 1,5 bilhão de euros para aproximadamente 1,28 bilhão.

Por sua vez, o investidor Joe Lewis, proprietário do Tottenham Hotspur, clube do goleiro brasileiro Gomes, perdeu nada menos que 770 milhões de euros de uma fortuna calculada em quase 860 milhões por causa do colapso do banco de investimentos americano Bear Stearns. EFE jr/ab/plc

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG