F Bovespa - Home - iG" /
Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Magliano não fará parte da cúpula que comandará BM F Bovespa

SÃO PAULO - Desde 2001 no comando da Bovespa, Raymundo Magliano Filho não fará parte da cúpula que comandará a recém-criada BM & F Bovespa. Segundo comunicado enviado hoje pela empresa, foram definidos hoje os nomes dos 11 conselheiros de administração da empresa e a lista na inclui o ex-presidente da Bolsa de Valores de São Paulo. Manoel Felix Cintra Neto, ex-presidente da BM & F, segue no grupo. Ainda de acordo com comunicado, a decisão foi tomada por consenso pelos atuais conselheiros.

Valor Online |

No momento da fusão da bolsa de futuros com a bolsa de valores, no dia 8 de maio deste ano, o conselho passou a ter 18 membros, mas a administração da empresa já havia dito que em um prazo de até 60 dias reduziria este total para 11, número considerado mais adequado pelas práticas de boa governança corporativa.

Neste meio tempo, Gilberto Mifano, ex-diretor geral da Bovespa (que não estava no grupo dos 18) foi indicado para a presidência do novo conselho, com Edemir Pinto ficando como diretor-presidente da empresa.

Vão integrar o conselho da BM & F Bovespa: Gilberto Mifano (presidente), Ary Oswaldo Mattos Filho (vice-presidente), Craig Donahue (representante da CME), Gustavo Franco, José Roberto Mendonça de Barros, Julio de Siqueira Carvalho de Araujo, Luiz Gonzaga Belluzzo, Manoel Felix Cintra Neto, Marcelo Trindade, Rene Marc Kern (representante da General Atlantic) e Roberto Rodrigues.

Deixam o órgão: Raymundo Magliano Filho, Álvaro Musa, Luiz Felipe Lampreia, Luiz Fernando Figueiredo, Pedro Parente, Alfredo Setubal, Manoel Horácio da Silva e Nelson Spinelli
(Valor Online)

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG