Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Magazine Luiza espera faturar R$ 1 bilhão até 2010 em SP

SÃO PAULO - Com a inauguração simultânea de 44 lojas, o Magazine Luiza marcará na próxima segunda-feira a sua entrada no mercado da Grande São Paulo. O planejamento inicial previa a abertura de 50 unidades, mas problemas com as obras civis acabaram inviabilizando a inauguração de seis pontos, que deverão estar funcionando até o fim do ano.

Valor Online |

Até 2010, a rede varejista espera ter pelo menos cem lojas na região metropolitana de São Paulo, incluindo o litoral, em um investimento de R$ 150 milhões e expectativa de faturamento de R$ 1 bilhão.

Segundo a superintendente da empresa, Luiza Helena Trajano, cem é o número mínimo de unidades considerado necessário para o devido atendimento da demanda da região mais populosa do Brasil. O diretor de Marketing, Frederico Trajano, afirma que a forte concentração do mercado da Grande São Paulo nas mãos de poucas redes varejistas demonstra que ainda há muito espaço para o Magazine Luiza ocupar.

Com foco nas classes C e D, a rede escolheu a Zona Leste como região preferencial, com 13 lojas. A Zona Sul terá sete pontos, enquanto que a Zona Norte contará com cinco unidades. Na região central serão colocados dois pontos, mesmo número destinado à Zona Oeste da capital. O restante das lojas ficará distribuído nos municípios de Carapicuíba, Caieiras, Diadema, Ferraz de Vasconcelos, Guarujá, Guarulhos (4), Itapevi, Itaquaquecetuba, Mauá, Osasco (2), Poá, Praia Grande, Santo André, São Bernardo do Campo, São Caetano do Sul, São Vicente e Suzano.

Para os paulistas das classes A e B, a empresa concentrará seus esforços na venda pela internet. Para isso, duplicou a capacidade de transações de sua página eletrônica, que representa 15% do faturamento total da rede, que em 2007 somou R$ 2,567 e que deve fechar em R$ 3,4 bilhões neste ano.

A empresa promete uma agressiva promoção no dia da inauguração, porém não revelou seus detalhes, alegando motivos concorrenciais. Mesmo assim, Luiza Trajano fez questão de afirmar que a rede não irá entrar em guerra com os rivais. Ela também preferiu não revelar as projeções para o desempenho do Magazine Luiza na Grande São Paulo.

Leia mais sobre Magazine Luiza

Leia tudo sobre: magazine luizavarejo

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG