Nova York, 2 fev (EFE).- A famosa loja de departamentos Macys anunciou hoje a eliminação de cerca de sete mil postos de trabalho como parte de um plano para reorganizar suas atividades e reduzir custos.

O corte afetará escritórios, lojas e outras instalações da empresa, e inclui cargos de responsabilidade, explicou a companhia em comunicado de imprensa no qual não concretizou prazos para as demissões.

"Reduzir nossa força de trabalho é uma infeliz consequência da situação econômica atual", assinalou o presidente e executivo-chefe da Macy's, Terry Lundgren.

A companhia informou que pretende realizar uma ampla reorganização das mais de 840 lojas que administra, incluindo as que opera com a marca Bloomingdale's.

Além disso, a Macy's quer reduzir em cerca de US$ 400 milhões suas despesas anuais a partir de 2010, e em US$ 250 milhões este ano, em razão das condições econômicas atuais e das perspectivas de menores vendas para este ano, explicou a empresa. EFE vm/mh

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.