Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Luta contra o protecionismo centrará reunião do G7

Roma, 13 fev (EFE).- A reunião de ministros de Economia do Grupo dos Sete (G7, que reúne as maiores economias do mundo) começa hoje com um jantar em Roma, no qual o objetivo será tentar frear a tentação do protecionismo nos planos anticrise de Estados Unidos e outros países do grupo.

EFE |

Um dos pontos centrais da cita, à qual também estão convidados os governadores dos bancos centrais do G7, será discutir a cláusula "buy american" (comprar produto americano) incluída na versão preliminar do plano de estímulo dos EUA.

O secretário do Tesouro dos EUA, Thimothy Geithner, deverá responder às perguntas de seus colegas sobre esta cláusula, que dita a utilização de ferro e aço americanos nas obras públicas financiadas com o plano de estímulo.

Países como Japão e Canadá, membros do G7 junto à França, Reino Unido, Alemanha, Itália e EUA, já protestaram contra a cláusula, que segundo sua opinião poderia provocar represálias de seus parceiros comerciais.

Os ministros de Economia do G7 terão também sobre a mesa o objetivo de coordenação de suas políticas, os desequilíbrios globais no mercado de divisas e a pressão por demonstrar que suas medidas têm efeito, visto que a atenção global já está voltada para a reunião dos países do Grupo dos Vinte (G20, que reúne os países mais ricos e os principais emergentes) em abril. EFE fab/ma

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG