Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Lupi aguarda estudo da Caixa sobre ampliação do uso do FGTS

BRASÍLIA - O ministro do Trabalho e Emprego, Carlos Lupi, disse nesta quarta-feira que está aguardando estudo que a Caixa Econômica Federal está fazendo para que o percentual de 8% depositado mensalmente pelo empregador na conta do trabalhador no Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) possa ser usado eventualmente para abater a prestação da casa própria ou o saldo devedor de imóveis financiados.

Valor Online |

Essa seria uma das medidas que o governo tomaria em relação à classe trabalhadora para tentar reduzir os efeitos da crise financeira internacional no país. Hoje, o trabalhador pode usar, total ou parcialmente, os recursos de sua conta do FGTS para comprar imóvel ou abater parte da dívida. No entanto, não está autorizado a empregar o percentual de 8% pago mensalmente ao FGTS pelas empresas para reduzir o valor da prestação da casa própria.

Lupi disse que não sabe de maiores detalhes [sobre o assunto], "além do que os jornais divulgaram" e não tem como "adiantar qualquer medida em relação ao FGTS". Segundo ele, tudo "dependerá de como a Caixa vai propor".

Nesta tarde, Lupi viaja para o Chile, onde participará de encontro com ministros do Trabalho de países da América Latina para discutir "como os governos da região vão poder enfrentar a crise do emprego".

Ele informou que os ministros de Trabalho vão ser recebidos pela presidente do Chile, Michelle Bachelet. Representantes da Organização Internacional do Trabalho (OIT) vão participar da reunião.

(Com informações da Agência Brasil)

Leia tudo sobre: fgts

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG