O presidente Luiz Inácio Lula da Silva criticou hoje, indiretamente, os governos anteriores durante as comemorações dos 37 anos da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa). Ele disse que a empresa poderia estar mais adiantada em pesquisa "se durante tanto tempo a Embrapa não tivesse sido esquecida no orçamento da União e os funcionários esquecidos nos reajustes salariais e se a Embrapa tivesse recebido mais dinheiro para contratar mais pesquisadores e mais cientistas".

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva criticou hoje, indiretamente, os governos anteriores durante as comemorações dos 37 anos da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa). Ele disse que a empresa poderia estar mais adiantada em pesquisa "se durante tanto tempo a Embrapa não tivesse sido esquecida no orçamento da União e os funcionários esquecidos nos reajustes salariais e se a Embrapa tivesse recebido mais dinheiro para contratar mais pesquisadores e mais cientistas".

O presidente Lula disse que chegou a pensar em criar uma Embrapa do setor industrial, mas avisou: "Acho que isso é uma tarefa para o próximo governo, porque eu não vou criar mais nada. Agora tenho de terminar o que tem para fazer, afinal de contas falta pouco tempo para terminar meu mandato".

Lula disse que é um orgulho falar que o País tem uma empresa da qualidade da Embrapa e que, por isso, chegou a pensar em criar uma Embrapa para o setor industrial.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.