Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Lula soube da fusão do Unibanco com o Itaú por carta

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva soube na noite de domingo da fusão entre os bancos brasileiros Unibanco e Itaú. A informação é de interlocutores da presidência.

Carol Pires, Último Segundo/Santafé Idéias |

 

Lula estava em São Paulo quando recebeu pessoalmente de representantes das duas instituições uma carta com as justificativas da fusão. A assessoria de imprensa do presidente não soube informar, porém, quem seriam os emissários.

O Itaú, segundo maior banco privado do Brasil por ativos, e o Unibanco, o terceiro do mercado, anunciaram nesta segunda-feira que se fundirão para criar um dos 20 maiores conglomerados financeiros do mundo.

A associação vem sendo negociada ao longo de 15 meses. A operação prevê que acionistas do Unibanco Holdings e do Unibanco migrarão para uma nova instituição chamada Itaú Unibanco Holding. A relação de troca prevista é de 1,7391 units do Unibanco para cada ação da nova instituição.

Leia também

 

Opinião

Leia tudo sobre: bancositaúunibanco

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG