Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Lula: se crise causar aperto ao País, ele será pequeno

Apesar de a economia brasileira estar fortalecida, o Brasil pode ser atingido pelos efeitos da crise financeira americana, avaliou o presidente Luiz Inácio Lula da Silva hoje durante o programa semanal de rádio Café com o Presidente. Eu estou convencido de que o Brasil, se tiver que passar por algum aperto (com a crise americana), será muito pequeno.

Agência Estado |

De acordo com ele, o mercado interno e a balança comercial dão sustentação à economia.

Apesar disso, Lula admitiu que todos os países podem ser afetados. "Uma crise de recessão num país importante como os Estados Unidos pode trazer problemas a todos os países, porque eles representam a maior economia do mundo."

O presidente lembrou seu pronunciamento na última quinta-feira (dia 25), na Assembléia Geral da ONU, no qual chamou a atenção para o funcionamento do sistema financeiro mundial e pediu ética. "O sistema financeiro também precisa ter muita ética. Você não pode mais permitir que as pessoas transformem o banco num verdadeiro cassino, onde o que vale é a aposta, sem medir as conseqüências dessas apostas."

Lula comemorou os números da Pesquisa Mensal de Emprego (PME) do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IGBE), divulgados na quinta-feira (dia 25). Ele destacou a criação de quase 1,8 milhão de postos de trabalho, e afirmou que a expectativa é de que o número supere os 2,2 milhões até o fim do ano. Também chamou atenção para redução do desemprego em 0,5 ponto porcentual, de 8,1% para 7,6% entre julho e agosto nas seis regiões metropolitanas pesquisadas.

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG