Tamanho do texto

RIO - O presidente Luiz Inácio Lula da Silva afirmou que as grandes cidades brasileiras já apresentam melhoras relevantes nos quesitos relacionados às moradias e às condições de saneamento. Mas, mesmo considerando o Rio de Janeiro uma das cidades mais extraordinárias do mundo , com um programa de urbanização de favelas inédito no país, o presidente não deixou de alertar os participantes do 5º Fórum Urbano Mundial, organizado pela Organização das Nações Unidas (ONU) na capital fluminense, sobre os riscos locais.

" Não negamos que há violência, mas é uma cidade e um Estado com o povo mais alegre, mais cortês. Não se embrenhem por locais que não conhecem. Nada vai acontecer, a não ser conhecer as melhores praias e paisagens que seus olhos poderão ver " , disse o presidente, que no início do discurso de abertura do evento havia incentivado os participantes a caminhar pelas principais cidades brasileiras para testemunhar as melhoras nas metrópoles nacionais.

Lula afirmou que no seu governo os investimentos em saneamento básico cresceram de forma significativa, assim como os desembolsos para reduzir o déficit habitacional.

Neste sentido, o presidente frisou que o volume de empréstimos concedidos pela Caixa Econômica Federal (CEF) nos dois primeiros meses do ano superou tudo o que foi concedido pelo banco público no ano de 2005.

" Por isso que esse país em fevereiro, com carnaval e tudo, criou mais 209 mil empregos formais " , disse o presidente. " Temos uma combinação de crescimento econômico com distribuição de renda " , acrescentou.

(Rafael Rosas | Valor)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.