O presidente Luiz Inácio Lula da Silva conversou por telefone nesta terça-feira com o primeiro-ministro da Índia, Manmohan Singh, a quem propôs trabalhar para retomar a Rodada de Doha em setembro, informou a Agência Brasil.


A conversa entre os dois líderes durou, segundo porta-vozes do Palácio do Planalto, cerca de 20 minutos, nos quais Lula tentou convencer o interlocutor de que a Rodada de Doha não está acabada e pode ser retomada.

Segundo as fontes, Lula disse que após tanto esforço, não pode se permitir que as conquistas se percam.

Brasil e Índia são, junto com a África do Sul, líderes do Grupo dos Vinte (G20), formado por países em desenvolvimento que, durante a Rodada de Doha, reivindicaram o fim dos subsídios agrícolas nas nações mais ricas, o que foi um dos pontos de maior divergência.

Nos últimos lances das conversas em Genebra, a Índia foi apontada como responsável pelo fracasso, junto com os Estados Unidos, pelas duras posições que os dois países mantiveram antes que fossem suspensas as negociações.

Leia mais sobre Rodada Doha

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.