SÃO PAULO (Reuters) - O presidente Luiz Inácio Lula da Silva fez um apelo no sábado por mudanças na maneira como as instituições financeiras são administradas e pediu a criação de uma nova arquitetura financeira, dando mais voz aos países em desenvolvimento. Lula, que discursou na abertura de um encontro de autoridades financeiras do G20, que reúne membros de países desenvolvidos e emergentes em São Paulo, também pediu que os países desenvolvidos dêem uma rápida resposta à desaceleração econômica causada pela crise de crédito.

(Reportagem de Renato Andrade e Elzio Barreto)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.