Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Lula pede a Estados ICMS menor em máquinas agrícolas

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva fez hoje um apelo aos governadores para que reduzam em seus Estados o Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) incidente sobre máquinas e implementos agrícolas para o setor da agricultura familiar. Lula fez o apelo ao discursar no lançamento do Plano Safra para a Agricultura Familiar e do Programa Mais Alimentos, em cerimônia no Museu Nacional.

Agência Estado |

Na discurso, Lula disse que a redução do peso do ICMS é "um quê" que está faltando. O Programa Mais Alimentos põe à disposição dos pequenos agricultores uma linha de crédito para compra de equipamentos agrícolas, inclusive tratores, com desconto. Nesse programa, os agricultores contam também com os benefícios de um acordo feito entre o Ministério do Desenvolvimento Agrário e a Asssociação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea) para redução dos preços e de um convênio com a Associação Brasileira da Indústria de Máquinas e Equipamentos (Abimac).

Ao pedir a redução do ICMS, o presidente voltou-se para os dois governadores presentes - o do Distrito Federal, José Roberto Arruda (DEM), e o da Bahia, Jaques Wagner (PT) - e disse: "Penso que haverá compreensão dos governadores."

Também presente à cerimônia, o ministro do Desenvolvimento Agrário, Guilherme Cassel, disse em seu discurso que o governo, no Plano Safra da Agricultura Familiar, reduziu em cerca de 50% todos os juros do Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf) e brincou, afirmando que isso era "uma homenagem merecida" ao vice-presidente da República, José Alencar. O vice riu, e todos os presentes riram: desde o primeiro mandato do presidente Lula, Alencar critica a política de juros, que considera elevados.

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG