Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Lula liga para Evo Morales e reitera apoio ao governo boliviano

BRASÍLIA - O presidente Luiz Inácio Lula da Silva conversou na manhã de hoje, por telefone, com o presidente da Bolívia, Evo Morales. Conforme fontes do Palácio do Planalto, o presidente Lula quis saber como está a situação do país vizinho e reiterou apoio ao governo de Morales. Desde ontem distúrbios políticos e atentados de opositores do governo contra o gasoduto do país já comprometeram pelo menos 10% do fornecimento do produto para o Brasil.

Valor Online |

No Senado brasileiro, a Comissão de Relações Exteriores (CRE) deverá acompanhar o episódio. Segundo o presidente da casa, Garibaldi Alves, a CRE da Casa deverá acompanhar atentamente essa crise. Ele também se disse confiante nas ações que o governo brasileiro está tomando para enfrentar a redução na importação de gás natural.

O Congresso tem a Comissão de Relações Exteriores. Por meio dela pode, perfeitamente, acompanhar esta crise junto ao Executivo, no qual o presidente da República já está empenhado em mediar a questão. Se houver necessidade, creio que o senador Heráclito Fortes (presidente da CRE) irá articular comigo e nós daremos o apoio do Congresso a uma iniciativa que venha a pacificar a situação na Bolívia, afirmou em entrevista.

Segundo ele, o Congresso não foi notificado oficialmente da ocorrência e está acompanhando o noticiário. Creio que as autoridades do Executivo estão tratando disso com a urgência que o caso requer, acrescentou.

(Valor Online, com informações da Agência Brasil e da Agência Senado)

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG