Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Lula inaugura primeira usina de biodiesel da Petrobras

SALVADOR ¿ O presidente Luiz Inácio Lula da Silva inaugura, amanhã, a primeira usina de biodiesel da Petrobras. A unidade, instalada em Candeias (BA), terá capacidade para produzir 57 milhões de litros de biodiesel por ano. Em agosto, a Petrobras finaliza os testes e inicia a operação de outras duas usinas, uma em Montes Claros (MG) e outra em Quixadá (CE). Juntas, as três usinas vão gerar trabalho e renda para 55 mil agricultores familiares, contratados para fornecer a matéria-prima.

Agencia Nordeste |

A diretora de Gás e Energia da Petrobras, Maria das Graças Foster, e o presidente da Petrobras Biocombustível, Alan Kardec, concedem hoje entrevista coletiva, em Salvador, para falar sobre a unidade e a nova empresa Petrobras Biocombustível, cuja diretoria também toma posse amanhã, às 10h. Os dois eventos marcam a ampliação da participação da Companhia na produção de combustíveis renováveis e ocorrerão em Candeias, a 55 km de Salvador.

A unidade apresenta características que a diferenciam de outras unidades produtoras de biodiesel instaladas no Brasil. Os principais aspectos são um sistema de instrumentação e controle totalmente automatizado, a flexibilidade de matérias-primas que podem ser usadas no processo produtivo, bem como um sistema de processamento de óleos vegetais brutos.

Para incentivar a participação da agricultura familiar como fornecedora de matéria-prima, a Petrobras instalou um sistema de processamento de óleos vegetais brutos em sua usina. A Companhia pode adquirir o óleo bruto diretamente de agricultores familiares e realizar o pré-tratamento na unidade, transformando-o em óleo refinado.

A usina de Biodiesel de Candeias pode operar com matéria-prima de origem vegetal (mamona, girassol, soja, algodão, etc.), animal (sebo bovino, suíno ou de frango) ou óleos e gorduras residuais usados em fritura de alimento.

Para o funcionamento da unidade, 58% do valor total de compra da matéria-prima foi adquirido da agricultura familiar. Até o momento, 28.922 agricultores localizados em 264 municípios da Bahia e Sergipe estão plantando oleaginosas para o suprimento da usina. Em ambos os estados, os agricultores plantam girassol. Na Bahia, também está sendo plantada a mamona.

Do total de agricultores beneficiados, 25.639 são da Bahia, distribuídos em 215 municípios, e os demais (3.283), de Sergipe, em 49 municípios. Todos estão vinculados à cooperativas ou associações de agricultores familiares.

Desse plantio, a estimativa é que os agricultores possam colher e fornecer à Petrobras, ainda este ano, 48.800 toneladas de grãos, sendo 30.600 toneladas de mamona e 18.200 de girassol. Da agricultura familiar estima-se também a produção de 1.000 toneladas de óleo de dendê.

Adicionalmente, a Petrobras está comprando óleos e gorduras residuais provenientes dos processos de fritura de alimentos, bem como das vísceras de aves e peixes, de cooperativas de catadores e organizações não-governamentais no meio urbano. Para esta unidade, foram comprados 10,3 mil litros destas matérias-primas. De grandes fornecedores do agronegócio, a Companhia adquire óleo de soja, óleo de algodão e sebo bovino. Foram adquiridos 6.000 toneladas de óleos de soja, algodão e dendê e 2.000 toneladas de sebo bovino.

Na construção da usina de Candeias, foram gerados 1.301 empregos diretos. Deste total, 1.229 eram baianos, sendo 863 de Candeias. O investimento na construção da usina foi de R$ 101 milhões.

PETROBRAS BIOCOMBUSTÍVEL
A criação da nova empresa reforça o compromisso da Petrobras com o meio ambiente e a atuação da Companhia no segmento de biocombustíveis, para o qual estão previstos investimentos de US$ 1,5 bilhão até 2012. A empresa pretende ser líder na produção nacional de biodiesel e ampliar a participação no negócio de etanol, com foco no mercado internacional.

Além da usina em Candeias, também ficarão sob responsabilidade da Petrobras Biocombustível as usinas de biodiesel de Quixadá (CE) e Montes Claros (MG). A capacidade total de produção de biodiesel das três usinas será de 170 milhões de litros por ano. O investimento é de R$ 295 milhões. Também integrarão a Petrobras Biocombustível os Complexos Bioenergéticos (CBios), que são empreendimentos em parceria com produtores brasileiros e conglomerados internacionais para produção de etanol para exportação. A meta é produzir 4,75 bilhões de litros em 2012.

Leia mais sobre: Lula

Leia tudo sobre: lula

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG