Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Lula e presidente da África do Sul criticam países ricos por crise financeira

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva e seu colega da África do Sul, Kgalema Motlanthe, criticaram nesta quarta-feira em Nova Délhi os países desenvolvidos por terem provocado a atual crise financeira mundial.

Redação com AFP |

Acordo Ortográfico Lula considerou injusto que os países pobres sejam "vítimas de uma crise financeira mundial gerada pelos países ricos".

O presidente do Brasil considerou injusto que as nações em desenvolvimento tenham que "pagar pela irresponsabilidade dos especuladores que transformaram o mundo em um gigantesco cassino".

O presidente sul-africano, Motlanthe, criticou as "decisões ruiss de uns poucos, que levaram o sistema financeiro internacional à beira da falência".

"Os países em desenvolvimento devem aceitar que as soluções únicas que os países desenvolvidos nos prescreviam devem ser tomadas com um máximo de cautela", acrescentou.

Lula e Motlanthe participam ao lado do primeiro-ministro da Índia, Manmohan Singh, na reunião de cúpula trilateral do IBAS (Índia-Brasil-África do Sul), um grupo de três grandes economias emergentes, com 1,3 bilhão de habitantes.

O IBAS foi criado em 2003, para pressionar nas negociações da Organização Mundial do Comércio (OMC) e buscar uma reforma do Conselho de Segurança das Nações Unidas.

Leia mais sobre a crise financeira global

Leia tudo sobre: crise financeira lula

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG