BRASÍLIA - Em reunião de mais de quatro horas ontem no Palácio do Planalto, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva se reuniu com os ministros da Fazenda, Guido Mantega, e do Banco Central (BC), Henrique Meirelles, e os presidentes do Banco do Brasil (BB), Caixa Econômica Federal (CEF) e Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) para analisar a questão do crédito no país. Segundo o Palácio do Planalto, a avaliação é de que as medidas adotadas pelo governo tem surtido efeito positivo para fluxo de crédito no mercado. O Conselho Monetário Nacional (CMN) autorizou ontem a criação de uma linha extraordinária de crédito de R$ 500 milhões para que os agricultores do Centro-Oeste possam refinanciar 40% das prestações dos programas de investimento agropecuário do BNDES que vencem neste ano.

(Agência Brasil)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.