SÃO PAULO - Após afirmar que tem razões de sobra para ser otimista com a economia, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva desconsiderou o resultado da última pesquisa Focus, divulgada hoje pelo Banco Central, na qual o mercado rebaixou para 2% a projeção para o crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) em 2009. Eles vão errar (a previsão) , resumiu Lula, ao ser questionado por jornalistas sobre a pesquisa.

Um pouco antes, durante discurso feito na abertura de um evento do setor calçadista, Lula afirmou que o Brasil tem todas as condições para se sair bem em meio à crise financeira internacional. Entre as principais " armas " do país estariam, segundo Lula, a " avidez " do povo para o consumo, as contas públicas em ordem e a abundância de matéria-prima. " O Brasil está muito mais bem preparado do que qualquer outro para enfrentar a crise " , completou o presidente.

Lula disse ainda que o Estado brasileiro deve assumir a responsabilidade de não deixar a solução da crise à mercê do mercado que, segundo ele, não pode resolver o problema sozinho.

O presidente participou na manhã de hoje da abertura da 36ª Couromoda -Feira Internacional de Calçados, Artigos Esportivos e Artefatos de Couro.

(Murillo Camarotto | Valor Online)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.