Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Lula diz que compra da Nossa Caixa pelo BB não sai nesta terça-feira

BRASÍLIA - O presidente Luiz Inácio Lula da Silva declarou nesta terça-feira, no Itamaraty, que a decisão sobre a aquisição da Nossa Caixa pelo Banco do Brasil não sairá hoje. Questionado sobre essa operação, Lula salientou que o BB era a principal instituição financeira do País, mas que, com a fusão do Unibanco com o Itaú, caiu para a segunda posição.

Agência Estado |

"Queremos que o Banco do Brasil seja muito maior", disse. No entanto, Lula teve o cuidado de afirmar que vai tratar do assunto nesta tarde com o ministro da Fazenda, Guido Mantega, e com o presidente do Banco Central, Henrique Meirelles, e que pretende também ouvir o governador de São Paulo, José Serra. Ele insistiu que não tem ainda uma avaliação final sobre o tema.

Na reunião com Mantega e Meirelles, o principal tema, segundo o presidente, será a avaliação sobre a liberação de recursos para linhas de financiamento que foram reforçadas por iniciativas do governo. "O problema não é a falta de dinheiro. O problema é que as pessoas estão com medo", afirmou.

De acordo com essa lógica, completou o presidente, ao temer a perda de emprego, as pessoas não estão comprando e, com isso, alimentam a tendência de desemprego de que elas têm medo. Lula aconselhou que as pessoas endividadas tenham mais cuidado com relação às suas compras, mas que quem não tem nenhum passivo volte a comprar. "Esse é um momento de bons negócios", disse.

Leia tudo sobre: nossa caixa

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG