Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Lula diz que Brasil está preparado para crise e pede controle da especulação

O Brasil está bem posicionado para enfrentar a atual crise nos mercados financeiros, garantiu nesta segunda-feira o presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que pediu aos países desenvolvidos que fortaleçam suas regulamentações para evitar a especulação financeira.

AFP |

O Brasil está "enfrentando a crise com a serenidade de quem sabe que não pode voltar atrás", disse Lula, evocando os progressos econômicos alcançados por seu governo.

"Não acho justo que o Brasil faça algum sacrifício por uma crise que não foi causada por qualquer brasileiro, por qualquer banco brasileiro, por qualquer imobiliária brasileira".

"O Brasil vai se livrar desta (crise) com dignidade, porque o povo brasileiro não pretende reduzir as conquistas que está acumulando neste momento", destacou Lula, em uma conversa com a imprensa à margem da Assembléia Geral das Nações Unidas, em Nova York.

Lula também deu sua opinião sobre as medidas necessárias para se evitar que crises como a atual tenham efeitos devastadores sobre os países em desenvolvimento, e exortou os estados ricos a tomar medidas para controlar a especulação financeira.

"Os bancos centrais, de agora em diante, vão ter que começar a tomar medidas para dificultar a especulação financeira. Ninguém pode fazer do dinheiro dos investidores em cassino".

"Se querem ganhar dinheiro, que ganhem investindo em coisas que gerem empregos, que gerem renda, não especulando... Depois querem distribuir o prejuízo com os pobres. Não podemos aceitar isto".

"Quando ganham (os especuladores), ganham sós, mas quando perdem, querem socializar" o prejuízo, disse Lula.

"Acredito que o presidente (americano, George W.) Bush tomou as medidas acertadas" com o plano de resgate financeiro de 700 bilhões de dólares.

"Espero que o mundo desenvolvido resolva seus problemas, e, pelo amor de Deus, deixe o povo brasileiro, o povo dos países mais pobres, crescer, para que possamos recuperar o tempo perdido".

mr/LR

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG