Tamanho do texto

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva levará uma proposta ao presidente do Paraguai, Fernando Lugo, para que a linha de transmissão que será construída pelo Brasil para ligar a estação da margem direita da hidrelétrica de Itaipu até as cercanias de Assunção, capital daquele país, seja financiada pelo Focem, fundo destinado a financiar projetos em benefício das economias do Mercosul. As informações foram repassadas hoje à imprensa pelo porta-voz da Presidência, Marcelo Baumbach.

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva levará uma proposta ao presidente do Paraguai, Fernando Lugo, para que a linha de transmissão que será construída pelo Brasil para ligar a estação da margem direita da hidrelétrica de Itaipu até as cercanias de Assunção, capital daquele país, seja financiada pelo Focem, fundo destinado a financiar projetos em benefício das economias do Mercosul. As informações foram repassadas hoje à imprensa pelo porta-voz da Presidência, Marcelo Baumbach.

A nova linha de transmissão terá capacidade de 500 kilovolts, e custo estimado entre US$ 350 milhões e US$ 400 milhões. A licitação para a construção da linha, segundo o porta-voz, deve ficar pronta até o final deste ano. O financiamento do Focem seria uma alternativa para que o Paraguai não tenha gastos na construção da linha, como foi prometido pelo Brasil, mas também para não ser necessário aumentar o valor da energia para os consumidores brasileiros.

Para que o Focem tenha condições de financiar a obra, além dos US$ 70 milhões que o Brasil aplica no fundo por ano, o Ministério de Relações Exteriores negocia com os Ministérios da Fazenda, Planejamento e Minas e Energia uma proposta para que o Brasil faça uma colaboração voluntária em igual valor pelos próximos anos. Para que o fundo financie a obra em Itaipu é preciso que os países membros concordem.

O ministro de Relações Exteriores, Celso Amorim, esteve reunido com o presidente Lula, esta manhã, mas saiu sem falar com a imprensa. Ontem, após reunião com o presidente, ele havia dito que a questão energética será o assunto central do encontro entre Lula e Lugo, na próxima segunda-feira. Lula embarcará de São Paulo para Ponta Porã na segunda-feira, pela manhã. O encontro com o presidente paraguaio, Fernando Lugo, está previsto para as 10 horas. Ao longo do dia, os dois participarão de eventos conjuntos. O retorno de Lula ao Brasil será no final da tarde.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.