O presidente Luiz Inácio Lula da Silva saiu em defesa ontem da construção da usina hidrelétrica de Belo Monte e criticou organizações não governamentais internacionais que estão contra o projeto. "Não precisam vir aqui dar palpite", afirmou, durante discurso na abertura do 21º Congresso Brasileiro do Aço, ontem à noite, na capital paulista.

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva saiu em defesa ontem da construção da usina hidrelétrica de Belo Monte e criticou organizações não governamentais internacionais que estão contra o projeto. "Não precisam vir aqui dar palpite", afirmou, durante discurso na abertura do 21º Congresso Brasileiro do Aço, ontem à noite, na capital paulista.Lula disse que ninguém mais do que o Brasil tem interesse em proteger a Amazônia.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.