Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Lula critica europeus e americanos e elogia Amorim

Em entrevista concedida na tarde de hoje, ao sair do Palácio do Itamaraty, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva, criticou os europeus e americanos e elogiou o ministro das Relações Exteriores, Celso Amorim, ao falar de suas expectativas em relação às negociações da Rodada Doha, que se realizam na Organização Mundial do Comércio (OMC), em Genebra. Eu acho que tanto americanos quanto europeus estão habituados a um tempo em que não havia negociação, afirmou.

Agência Estado |

"Eles impunham aquilo que eles queriam, e os outros eram obrigados a aceitar. Hoje, é preciso levar em conta os países emergentes, a existência de uma maior consciência de soberania alimentar no mundo inteiro. Portanto, eu continuo na expectativa de que o Brasil vai fazer um acordo com os (demais) países (em Genebra). O Celso Amorim é um extraordinário negociador, e eu penso que estamos em boas mãos", acrescentou Lula.

Amorim foi muito criticado pelos representantes dos países desenvolvidos por ter feito declarações em que os acusou de usarem técnicas de desinformação dos nazistas.

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG