Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Lula compara mercados de trabalho do Brasil e dos EUA

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva comparou hoje a meta de geração de empregos do presidente eleito dos Estados Unidos, Barack Obama, ao desempenho do mercado de trabalho brasileiro. O Obama disse que até 2011 quer criar 2,5 milhões de empregos.

Agência Estado |

Nós já criamos 2,2 milhões de empregos com carteira assinada neste ano", disse Lula, durante solenidade de inauguração de trecho da ferrovia Norte-Sul em Colinas (TO).

Falando em defesa das ações de seu governo, Lula também rebateu quem acusa o programa "Bolsa Família" de ser assistencialista. "Os R$ 70 ou R$ 80 (recebidos pelas famílias) são valor menor do que a gorjeta que os ricos dão no bar depois de encher a cara de uísque", disse o presidente.

A uma platéia formada basicamente por operários das obras da ferrovia Norte-Sul e de moradores da região de Colinas, Lula também afirmou que, nas eleições de 1994, quando foi derrotado por Fernando Henrique Cardoso, foi vítima da "maior aliança das elites do Brasil". Lula recordava-se das viagens que havia feito anos antes por ocasião da "Caravana da Cidadania" e disse que, na disputa contra FHC, foi proibido o uso de imagens externas na campanha eleitoral pela televisão. "E eu tinha mais de 46 horas de imagens feitas por todo o Brasil".

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG