Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Lula: comércio entre Mercosul e Jordânia será prioridade

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva anunciou hoje a empresários brasileiros e jordanianos que tratará a conclusão de um acordo de livre comércio entre o Mercosul e a Jordânia como a prioridade da presidência temporária do Brasil no bloco, no segundo semestre de 2010. A primeira reunião para explorar o tema ocorrerá em abril, em Buenos Aires.

Agência Estado |

O objetivo de concluir o acordo ainda neste ano, no entanto, foi considerado impossível por um de seus colaboradores, que lembrou que a negociação do acordo Mercosul-Israel demorou dois anos. Antes de embarcar para Damasco, na Síria, o ministro das Relações Exteriores, Celso Amorim, havia reforçado essa prioridade na agenda do Brasil no Mercosul e informado sobre os avanços em negociações semelhantes com o Egito. De acordo com Amorim, é uma "ilusão" pensar que a negociação com um país pequeno não interessa. "Nos Estados Unidos, os exportadores tentam furar o bloqueio econômico para vender a Cuba", ressaltou.

Ao discursar no seminário "Brasil-Jordânia: Perspectivas de Comércio e de Investimentos", Lula defendeu um maior engajamento entre os setores privados dos dois países. Ele mencionou o interesse brasileiro em cooperar na área de energia renovável e em fechar contratos de venda de aviões e de obras de infraestrutura.

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG